Uma semente, uma promessa

No fundo da terra há sempre
Um húmus insuspeito, uma semente, uma promessa…

Talvez um parto…

Talvez um grito,
Ou uma dor por abrir…

Talvez uma tensão na hora de soltar-se…

Há sempre na noite
Um dia imprevisível, uma esperança calada…
Há sempre uma morte que se faz vida…

Há sempre o vermelho e o trigo…

Sabe-se lá quando pode explodir uma flor…

H.T.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: