Por ora

Deixemos agora
que as giestas em flor
nos encham a casa.
O amarelo
como um sol reencontrado
no bolso de um velho casaco
que deixou de servir.

Haverá tempo para o sal
em outras horas que virão.
Depois…
Por ora, eis-nos aqui
sob esta luz mansa de inverno
que nos transporta
e nos deixa na boca
um gosto rubro de cerejas.

Lídia Borges

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: